Mostrando postagens com marcador Reflexões. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Reflexões. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

3 Coisas que eu aprendi com a Vida e com a Real

Por C.O.B.R.A.


1) Mulher quando quer, ninguém segura

Não fique aí se martirizando feito uma bicha porquê o seu namoro ou rolo acabou de forma "mal-resolvida".

TODO namoro que acaba foi de forma totalmente resolvida, se fosse algo mal-resolvido não teria acabado.

Saiba que o mesmo motivo delas terem colocado um ponto final na relação é o mesmo motivo pelo qual elas ficam horas na fila do presídio e tem a buceta revistada por uma policial pra em seguida dar o rabo pro marginalzinho na visita íntima.

Elas enfrentam os próprios pais, pulam muro, fogem de casa para irem de encontro ao cafa que as enraba. Porquê amigas, TV, PC, "amigos", cachorro... seriam mais importantes que você?

Se ela alegar não querer continuar a relação por qualquer motivo, não procurar no Facebook, não retornar a ligação ou simplesmente sumir... ela que se dane!!

Mulher tem nojo de homem carente.

Não fique querendo procurar explicações ou onde errou, o que fez, ou deixou de fazer.

SEJA HOMEM CARALHO!

2) Nunca dê ouvidos ao que elas falam, mas nas suas atitudes.

As mulheres inventam motivos obscuros para esconder suas reais intenções.

Muitos aqui já devem ter ouvido mulheres elogiarem homens que são românticos, cavalheiros, engraçados, atenciosos, gentis...

O que elas não fizeram foi falarem os reais motivos pelos quais elas se sentiram atraídas como o gentil em questão ser rico. Ou o bem humorado ter um ótimo emprego e carro do ano.

Ou o engraçado simplesmente ser um cafa bombado e destacado no seu meio social.

O resultado de um beta pobre e sem atrativos que vai seguir essa cartilha delas é desastroso e pior fica mais e mais frustrado e deprimido.

As mulheres falam meias-verdades/mentem/traem/dissimulam o tempo inteiro simplesmente para caminharem entre os 2 mundos e usufruir deles sem parecer um ser humano utilitarista, que visa benefício próprio.

Elas não sabem nem guiar a própria vida.

Esse é o motivo para sempre procurem um macho que as guiem pois isso as faz se sentirem seguras quanto mais ditar aos outros (homens) que que eles tem que fazer?

SOMENTE BETAS SEGUEM CONSELHOS FEMININOS.

3) Você só tem valor pelo que você tem

Uma regra universal é que o seu valor é medido pelo dinheiro que você tem na conta, o carro que você dirige e as mulheres que você come.

As próprias mulheres o passam a valorizar ainda mais quando você aparece com uma mulher bonita do lado.

Os seus amigos lhe respeitam caso você tenha uma profissão/emprego de destaque.

Até os seus pais lhe tratam melhor diante dos seus sucessos.

A verdade é que as virtudes humanas são as últimas a serem valorizadas, geralmente os únicos que as valorizam são seus pais (as vezes nem isso).

SEJA VIRTUOSO PARA DEUS E PARA SI MESMO, NÃO PARA OS OUTROS.

terça-feira, 30 de julho de 2013

Aceitar primeiro os filhos da mulher

Por Dukatano, comentado por Ronald Reagan

Tenho ouvido muito as mulheres falando que para elas o homem tem que em primeiro lugar aceitar e gostar dos seus filhos. Muitas já me disseram isso, sem eu mal conhece-las. Que coisa é essa? Eu não entendo onde vai a petulância feminina, a indiscrição. Elas querem saber o que vc é, para já saberem quanto ganha, e depois vem com esses papos cheio de exigências. Colocam banca em cima da gente!


COMENTÁRIO


Como para imundas M.$ol arrumar um otário está cada vez mais difícil, elas ficam criando essas tentativas de intimidação por meio dessas exigências ridículas, evocação do instinto de proteção masculino e criando padrões de masculinidade totalmente distorcidos, no fundo toda essas palhaçadas que elas falam só revelam o quão desesperadas e carentes de proteção masculina estão, pois essas imundas sabem que não podem contar com o cafa que fez filho nela. 

E para não dar o braço a torcer que fizeram cagada quando ficaram prenhas de um desonrado, preferem logicamente transferir as responsabilidades para um outro homem não por menos elas ficam fazendo essas exigências pois essas imundas sabem que não podem mais se envolver com homens não confiáveis, afinal elas querem se livrar da pressão financeira que o EAA trouxe.

Essas exigências, evidenciam bem o utilitarismo feminino, quando estavam sem filhos, no auge só queriam saber dos cafas e ignoravam os trabalhadores e honrados, isso não mudou mundo depois que o EAA nasceu, mas como uma criança gera muitos gastos, ela tem que moderar suas expectativas e se ligar a um homem trabalhador, somente para dividir os fardos que o filho do cafa gera. 

Diante das exigências imbecis dessas imundas M.$ol, criei uma estratégia o protocolo M.$ol para que possamos aproveitar do desespero delas, então quando uma imunda M.$ol vier com essas exigências para cima de vc e se você acha que vale a pena transar com ela, mostre-se um bom provedor coma umas 3 vezes e suma.

domingo, 28 de julho de 2013

Seriam os ignorantes mais felizes??

Dúvida levantada por Fleece, respondida logo abaixo por Sir Alex Ferguson



Olá, Confrades.

Venho por meio deste tópico, falar de algo que venho pensando ultimamente e que tem me atormentado muito.

Desde que era pequeno, sempre fui um cara bom, que procurava ser o mais correto possível. Estudava, frequentava a igreja, pretendia arrumar garota para casar e sustentar minha família com algum emprego.

Porém, acho que como a maioria dos que estão aqui, tive algumas desilusões e como sou um cara bem questionador, fui procurar o porquê das coisas. Nesse tempo descobri que tinha sede de conhecimento e gostava de saber tudo, e então comecei a ler sobre o comportamento das mulheres, sobre religião e sobre muitas coisas mais, inclusive conheci a Real nesse meio tempo.

Hoje, Aproximadamente 5 anos depois que comecei a buscar conhecimento sobre as coisas da vida e cerca de 3 anos de Real (2 assiduamente), percebi que esse tipo de conhecimento, pelo menos no meu caso, não foi tão benéfico assim. Parece que quanto mais eu leio, mais estudo, mais dúvidas eu tenho, e quando mais dúvidas, mais difícil é de tomar um caminho; Fico indeciso, sem saber o que fazer da vida.

Se antigamente eu tinha certeza que o certo que queria arrumar uma namorada e casar, hoje já não tenho, visto que as mulheres estão em um estado desprezível e mesmo sendo a minha maior vontade ter uma família, não sei se vale a pena arriscar; E isso me faz perder um pouco da energia que eu tinha pra encarar os obstáculos da vida, já que a minha maior meta desde que entendo por gente, que era ter uma família, já não sei mais se é algo que valha a pena.

Em relação a religião, antigamente eu acreditava que um dia ouviria trombetas e que o mundo iria acabar, depois de ter estudado inúmeras religiões, acabei perdendo quase que totalmente minha fé. Apesar de concordar totalmente com a moral judaico-cristã, não tenho mais certeza se existe algo sobrenatural (embora queria muito que exista).

Sobre meus planos, como falei, não tenho muito ânimo para nada e com tantas dúvidas na mente, nem sei o que quero fazer da vida. Faço faculdade de Letras/ Inglês bancado por um instituto suíço, mas nunca me imaginei sendo professor, escolhi isso porquê as 2 únicas coisas que tenho certeza que gosto são Inglês e Música e escolhi o que tem mais chances de pelo menos me ter o que comer; Mas sinceramente não descobri até hoje nenhuma área que me dê vontade de seguir.

Então, parando pra pensar, as ilusões que eu tinha antigamente, me faziam ter a certeza que estava seguindo o caminho certo, que estava fazendo as coisas certas e que cedo ou tarde iria ser recompensado. Vejo hoje, que esse tipo de conhecimento sobre como o mundo realmente funciona, que adquiri nesses últimos anos me deram muitas dúvidas, dúvidas sobre tudo, que me deixam imobilizado, sem saber o que escolher em quase todas as áreas de minha vida. E com isso percebo sinto falta da inocência que tinha antigamente e que eu era muito mais feliz do que sou hoje.

Por isso eu lanço a pergunta do título, seriam os ignorantes mais felizes??




RESPOSTA




Eu também passei por época assim. Vou tentar dizer algumas coisas que espero poderem lhe ajudar. Encontrei as respostas e a tranquilidade da mente/espírito quando voltei para o catolicismo. Quando Jesus diz que "a verdade vos libertará", ele nunca disse que a verdade seria fácil de digerir, fácil de aceitar e lidar.

A raiva que sentimos quando vemos algo errado, uma injustiça sendo feita, é coisa boa. Mas se desanimar porque o mundo não é aquele que você gostaria, não é solução. O mundo nunca foi e nunca será o que nossa cabeça idealiza. A atitude de querer o mundo à imagem e semelhança das nossas imaginações é a mentalidade revolucionária. Nós temos que nos resignar e saber que sim, devemos lutar durante nossa vida toda contra o mal, mas nunca iremos eliminá-lo completamente.

Se a vida frustrou os seus planos, a culpa foi da sua expectativa. Mesmo no mundo patriarcal, cristão, de 50, 60 anos atrás, embora a possibilidade fosse muito maior de dar certo, não havia nenhuma garantia plena e certa de que você conseguiria a família doriana que sonhava. Por isso que o catolicismo sempre insiste em: colocar sempre a sua esperança e felicidade em Deus, e não nas coisas do mundo; abraçar a sua cruz, a cruz das dificuldades que você tem e terá até o fim desta vida, sabendo que a verdadeira felicidade não está aqui, chegará apenas no retorno à casa do Pai.

Se você perdeu a fé após estudar inúmeras religiões... bem, eu suponho que as suas fontes de estudo foram ruins, ou simplesmente o fato de você sair "atirando para todos os lados" em busca de uma espiritualidade é que possa ter sido o problema. Você estudou o quê? Apenas a história de cada uma? "Conjuntos de crenças"? Autores céticos, ou os autores que a própria religião usa como referência? Tentou ver a filosofia de vida e espiritualidade que cada uma contém? Dependendo da resposta, eu aconselharia então a você tentar estudar as religiões a partir de seus ícones principais, àqueles que te darão a visão espiritual/teológica/etc. mais correta acerca dela. No catolicismo, por exemplo, pra não ir muito longe pode começar lendo toda a teologia do Papa Emérito Bento XVI, a começar pelo seu "introdução ao Cristianismo".

Então é isso. Quando você perde a esperança, fudeu tudo. Você precisa conversar consigo mesmo, ver se os seus objetivos e sonhos eram/são factíveis, se não houve exageros e/ou idealizações bobas, se as suas escolhas foram/são sinceras; cravando os pés no chão da dura realidade. Daí através dessa auto-revisão você vai naturalmente encontrando novos objetivos, novos sonhos, novas metas e reajustando um projeto de vida, que lhe parece tão perdido no momento.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Cartórios, uma máfia e um peso pra sociedade

Por Major Lobo Honrado



É realmente é um absurdo os preços praticados em cartórios, um roubo. Até quando ficaremos reféns desta máfia maldita? Isso é uma herança portuguesa que dividia tudo em glebas e determinava tudo o que podia ou não se podia fazer. Herança maldita. Nos EUA simplesmente não existem cartórios. Todo cidadão tem fé pública até que se prove contrário. As pessoas assim que nascem passam a existir em todos os sentidos. Deveria pelo menos existir um órgão que fiscalizasse a ação dos cartórios como se faz com órgãos públicos, mas nem isso existe.

Para que serve um cartório? Para fazer autenticação de documentos? Isso pode ser feito em qualquer poupatempo e a preço de banana. Para registrar escritura pública? Isso pode ser feito em um órgão público qualquer (Prefeitura ou Incra). Enfim, as funções exercidas pelos cartórios são descartáveis ou podem ser feitas por órgão público comuns (Terras no INCRA; Nascimento, Casamento e óbito no IBGE; etc). Portanto, não precisamos de cartórios, menos ainda de cartórios controlados por particulares e por máfias. Órgãos que usam os serviços outorgados pelo Estado para explorar os cidadãos de bem. Por isso, eles cobram o absurdo que compram. Cobram para não fazer nada, ou então, para bater um carimbo idiota em cima da folha do papel. Uma autenticação de documento não custa o valor cobrado pelo cartório. Uns oitenta por cento do valor é lucro do proprietário. Pior do que isso, os cartórios formaram um cartel e alinharam todos os preços, não há como escapar dos preços abusivos, pois todos compram o mesmo preço. E aqui entra a incoerência do Ministério Público que vive correndo atrás do cartel dos postos de gasolina, mas não fala nada contra o cartel dos cartórios.

Cartórios são uma máfia hereditária que remonta desde o tempo das capitanias hereditárias. Boa parte dos cartórios é assumida por meio de permuta entre familiares. Uma história escabrosa que remonta ao período colonial, onde o provimento dos cartórios (tornar titular em caso de vacância) se dava através da nomeação do escrevente mais antigo, independentemente de qualquer avaliação. E como este escrevente mais antigo quase sempre era parente do titular anterior, na prática, esta titularidade e seus ganhos tornaram-se propriedade familiar de sucessão hereditária. Isto perdurou até à promulgação da Constituição de 1988, quando passou-se a exigir concurso para o provimento das vacâncias. No papel, é claro (como quase sempre só acontece nesta terra “descoberta” por Cabral), pois até hoje a situação continua na mesma, mantida mediante manobras nanicas para contornar a legislação. 

Já temos tecnologia para fazermos tudo (eu disse TUDO) que se faz em um cartório de forma digital, com certificações digitais, conexões seguras e tudo mais. Mas claro que falta vontade política para pôr isso em prática, pois os cartórios e seus asseclas ganham SIM muito dinheiro às custas do povo, que não precisa pagar tanto por serviços que podem ser substituídos por outros muito mais baratos, simples e desburocratizados. Mas quem quer largar a teta? 

É preciso averiguar também a relação que os "donos de cartório" possuem com os juízes, políticos e financiadores de campanhas políticas. A facilidade com reivindicações políticas atendidas que essa classe possui é assombrosa.

INÚTIL! Essa é a definição de um cartório. Sem falar no fato de que tudo o que um cartório faz deveria ser de competência do Estado e não de alguns particulares presenteados pra mamar até morrer! Tem que acabar com os cartório. Certidão de nascimento? Polícia Civil. Registro de imóveis? Prefeitura Municipal e só! Casamento, no Fórum. PRA QUE CARTÓRIOS????!!!!!

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Qual é nossa luta, afinal?

Dúvida respondida por John Sheridan, administrador do fórum Mundo Realista



Na Real a gente fala sobre o desenvolvimento pessoal e a luta contra o feminismo (que chega a se expandir para o marxismo cultural como um todo). Mas aí eu pergunto: nossa luta não é muito genérica? Na prática, o que nós, HOMENS, estamos fazendo pela sociedade e pelos valores da mesma?

O ponto que quero abordar é: como HOMEM, qual é a nossa verdadeira luta? Nós temos um fórum, divulgamos um conteúdo no Facebook (que se foca predominantemente em relacionamentos, tendo bastante PUA nos grupos e nas páginas), temos sites e até vídeos no YouTube.

Mas, de fato, qual é a Real eficácia disso tudo? O que vemos na mídia, no meio social e até mesmo nos novos membros da Real, não é uma posição cada vez mais moderada e complacente? Não é a diminuição da Real somente como forma de se desenvolver pessoalmente? Não é a afeminação massiva do homem? Não é o homem domado cada vez mais como descreve Esther Vilar?

De que valerá se desenvolver em uma sociedade futura onde os valores morais já estarão totalmente destruídos? Para pegar o máximo de mulher o possível? Para ter poder e destaque social em um âmbito falido? Acelerar o processo de destruição da monogâmica e incentivar a poligamia é algo certo para vocês?

Eu estava assistido a filmes como Gladiador e A Lenda de Beowulf (com temática em antigos guerreiros), e comecei a refletir sobre a Real e seus membros.

É comum vermos membros falando que seu objetivo central é transformar as mulheres em "depósito de esperma" como se fosse a coisa mais normal do mundo. A pergunta é: onde entra a Força e a Honra nisso?

Ficar musculoso, ter uma casa em um bairro nobre, possuir um carro do ano e ganhar muito dinheiro. É isso que virou o objetivo dos membros da Real? Nós vamos resumir membros que chamamos de GUERREIROS a isso?

Às vezes eu penso que a luta contra o marxismo cultural e a não depredação dos valores morais da sociedade não passa de pano de fundo para nos unir com objetivos egoístas.

Um Homem Honrado é aquele que luta por sua família - com respeito ao conceito tradicional de família, uma instituição de alto valor social -, luta pela justiça, pelos mais fracos, pela sociedade e pelo mantimento da mesma. Um Homem Honrado é aquele que dá sua vida pelos seus valores e por aquilo que defende. Um Homem Honrado é aquele que respeita a condição humana - dos humanos justos - e luta acima de tudo contra os corruptores e os delatores da Lei.

Onde está nossa honra quando um marginal aponta uma arma na cabeça de sua mãe e você não pode fazer nada? Onde está sua honra quando você ver um mendigo sendo espancado pela escória da sociedade? Onde está sua honra quando você ver nosso exército falindo e sendo piada internacional por causa de sua parca eficiência de guerra? Onde está sua Honra quando você ver um inocente que foi morto de forma abrupta por causa de um dinheiro qualquer? Onde está sua honra quando vemos nossos representantes - políticos - nos roubando e nos enganando na cara dura?

O que estamos fazendo? Quem somos nós? O que é a Real?



RESPOSTA




Na Real a gente fala sobre o desenvolvimento pessoal e a luta contra o feminismo (que chega a se expandir para o marxismo cultural como um todo). Mas aí eu pergunto: nossa luta não é muito genérica? Na prática, o que nós, HOMENS, estamos fazendo pela sociedade e pelos valores da mesma?



Óbvio que não. Nós salvamos vidas, literalmente, todos os dias. Isso ja não seria o suficiente para continuar as nossas atividades?

Ja no coletivo, a Real luta contra o feminismo e o gramscismo, não acho que seja uma luta genérica.

Estamos construindo o mundo que nossos filhos nascerão e viverão.



O ponto que quero abordar é: como HOMEM, qual é a nossa verdadeira luta? Nós temos um fórum, divulgamos um conteúdo no Facebook (que se foca predominantemente em relacionamentos, tendo bastante PUA nos grupos e nas páginas), temos sites e até vídeos no YouTube.



A nível individual: ser um homem melhor e quebrar as correntes que a matrix nos coloca.

Ao coletivo: Destruir o feminismo e o esquerdismo.


Mas, de fato, qual é a Real eficácia disso tudo? O que vemos na mídia, no meio social e até mesmo nos novos membros da Real, não é uma posição cada vez mais moderada e complacente? Não é a diminuição da Real somente como forma de se desenvolver pessoalmente? Não é a afeminação massiva do homem? Não é o homem domado cada vez mais como descreve Esther Vilar?



Com o tempo eles deixam as amarras ( os novos membros) não precisa se preocupar com isso.


De que valerá se desenvolver em uma sociedade futura onde os valores morais já estarão totalmente destruídos? Para pegar o máximo de mulher o possível? Para ter poder e destaque social em um âmbito falido? Acelerar o processo de destruição da monogâmica e incentivar a poligamia é algo certo para vocês?



Simples, o império esquerdista/feminista não vai durar para sempre e a sociedade social-democrata irá falir.

Crises são momentos de oportunidade, será quando estes homens poderão ascender ao poder e destruir os nossos inimigos. E claro vc vai se desenvolver pra sobreviver a este mundo cão.



É comum vermos membros falando que seu objetivo central é transformar as mulheres em "depósito de esperma" como se fosse a coisa mais normal do mundo. A pergunta é: onde entra a Força e a Honra nisso?



Não sei nada sobre isso. Nunca vi ninguém dizendo que quer transformar uma mulher em depósito de esperma. O máximo que eu ja vi aqui é alguém dizer pra marmitar uma mulher rodada.


Ficar musculoso, ter uma casa em um bairro nobre, possuir um carro do ano e ganhar muito dinheiro. É isso que virou o objetivo dos membros da Real? Nós vamos resumir membros que chamamos de GUERREIROS a isso?



Ora e Porque não? O objetivo da Real é a ajuda mútua e troca de experiência entre os membros sobre diversos assuntos de interesse masculino. O que vc quer? que montemos um exército ou nos transformamos em uma guerrilha? rsrsrsrsrs


Às vezes eu penso que a luta contra o marxismo cultural e a não depredação dos valores morais da sociedade não passa de pano de fundo para nos unir com objetivos egoístas.



???????????????


Um Homem Honrado é aquele que luta por sua família - com respeito ao conceito tradicional de família, uma instituição de alto valor social -, luta pela justiça, pelos mais fracos, pela sociedade e pelo mantimento da mesma. Um Homem Honrado é aquele que dá sua vida pelos seus valores e por aquilo que defende. Um Homem Honrado é aquele que respeita a condição humana - dos humanos justos - e luta acima de tudo contra os corruptores e os delatores da Lei.



Sim...e?


Onde está nossa honra quando um marginal aponta uma arma na cabeça de sua mãe e você não pode fazer nada? Onde está sua honra quando você ver um mendigo sendo espancado pela escória da sociedade? Onde está sua honra quando você ver nosso exército falindo e sendo piada internacional por causa de sua parca eficiência de guerra? Onde está sua Honra quando você ver um inocente que foi morto de forma abrupta por causa de um dinheiro qualquer? Onde está sua honra quando vemos nossos representantes - políticos - nos roubando e nos enganando na cara dura?



Ué e você quer que nós façamos o quê? sair por aí explodindo coisa? rsrsrsrs

Acho vc muito impulsivo e acho que vc não entende o conceito de guerra cultural.




Olavo de carvalho só é olavo de carvalho pois investiu em si e nos seus estudos. O resultado hoje é que ele consegue influenciar centenas de milhares de pessoas com suas reais sobre política, filosofia e sociedade.

Nessahan Alita e seus livros influenciaram centenas de milhares de homens e continua influenciando...

Os 12 trabalhos de Hércules para formar um homem

Por comediante



Bom confrades, trago aqui um artigo que escrevi baseado em palestres de psiquiatra e pedagogo que gosto muito.
Já vi outro artigo no fórum sobre isso, porém o meu traz mais simbolismos e mais psicologias sobre as coisas... Espero que gostem.

Os 12 trabalhos de Hércules para formar um homem

A história não está aqui para ser contada que Hércules, o filho de Zeus, era invencível. 
Apesar de sua força descomunal, quando ela a utilizava de forma errada, ela era mais prejudicial para ele do que ela poderia ajudá-lo.
Primeiramente essa história não se trata sobre um brutamontes que vencia a tudo sobre com a força, isso é falso, é o que se pensa de primeira, porém ainda sim é falso.
Ele é um indivíduo com força sobrenatural, mas toda vez que ele usa a força bruta, ele fracassa. 
Para poder realizar esses trabalhos, ele conta com 3 potências, a deusa Atena, deusa da sabedoria, o deus Hermes, que ensina os caminhos, que ensina os meios de encontrar solução na sua vida, e a terceira é Eros, que ensina a fazer tudo com paixão, se entregar completamente.
Hércules, é bruto, mas ele acaba sendo educado a vencer sua brutalidade, e é o caminho do herói. Se tornar o melhor possível.

Hercules nasce de Zeus e Alcmena (aquela que atrai as medida, a reflexão, bom senso, alc em grego é um prefixo, que significa aquela que atrai). 

Hércules, não nasce Hércules, ele nasce Alcides

Alcides foi o nome dele antes, e significa aquele que atrai as ideias, a essência ( sim... isso é um nome ridículo, mas os gregos eram cheios dessas coisas, de dar nomes significativos e tal, no nascimento, os nomes eram dados pelos oráculos, e meio que eles acreditavam que isso tinha a ver com a personalidade da pessoa) .
O nome não batia muito com ele.
A deus Hera, esposa de Zeus, ficou com ciúmes de Zeus (mulheres são assim ne? Competitivas pra porra... tipo ela podia ter os machos dela, mas o cara não podia... porque ai era traição ne? kkkk)
Hera odiava Hércules.
Ela mandou uma serpentes pra matar Hércules quando ele era criança, e Hércules sufocou elas e as matou.
Hercules era um filha da puta, ele queria mostrar que era o fortão, que era fodão, era prepotente. 
O pai humano dele, que se chamava Anfitrião ( percebam que ele tomou um baita chifre na história, e mesmo assim continuo lá, era o típico bonzinho, criando um filho que nem era dele) colocou Hércules com os melhores mestres pra poder educá-lo, e um desses era o poeta Lino. O poeta lhe ensinou a ilíada. 
Porém um dia, o professor se zangou com Hércules e deu um tabefe nele, e Hércules bateu no professor, e matando ele.
Anfitrião o levou para ser pastor no campo, porque ele viu que Hércules era perigoso para o convívio com os outros.
Hércules então matou um leão que estava pelas redondezas, que assombrava por lá. 
O rei de lá mandou chamar ele, e pensou que “partidão” ele era, o rei tinha 50 filhas, e embebedou Hércules, e botou as filhas pra fuder com ele ( pais entregando suas filhas pros caras fodões... já tinha isso nessa época ). 
Hércules casou-se com uma delas, Mégara, e ele era um homem furioso (por que será? Cobranças dessa mulher kkkkk, chatices... falta de sexo... essas coisas kkkk), num ataque de loucura ele matou a esposa e os 3 filhos.
Ele foi para o oráculo de Delfos, para ser julgado.
O oráculo mudou seu nome pare Héracles( no latim Hércules), que significa: o que vai em direção ao herói ( hiroas em grego= sagrado, que busca a ética, a verdade, a dignidade).
e ai mandou ele ir falar com o rei Euristeu (que significa em grego aquele que te faz encontrar) e realizar 12 tarefas, que o rei iria lhe passar.
Euristeu queria matar Hércules. E por isso colocava provas muito difíceis.

1° tarefa- O leão ne Nemeia:
esse leão possuía pele impenetrável.
Hercules faz uma clava, e leva flechas, luta contra o leão, dá flechadas, dá uma cacetada no leão, e não adianta nada... Esse leão filha da puta não morria.
O deus Hermes, chega até ele e lhe diz:” esse leão nunca poderá ser derrotado pela violência, é só sufocando o leão que você vencerá”. 
Então Hércules sufoca o leão e o mata.
Mas o rei pediu uma prova de que ele tinha matado o leão, pediu que ele levasse a pele,
então Hermes diz pra ele que a única coisa que pode cortar a pele do leão são as garras do próprio leão, ele faz isso e pega a pele. E leva pro rei.

o que quer dizer isso? 
O leão que tem que ser sufocado, porque não adianta bater no leão.
o leão é o princípio civilizatório, é o leão em nós. É o leão que habita todos nós, ou você o sufoca ou não há civilização.
Na primeira etapa da educação ética é a educação da violência, que é o que Hércules não sabia fazer. A verdade é que a violência não se elimina, está no nosso instinto, ela tem que ser dominada, sufocada.

[2° tarefa - a hidra que tinha 9 cabeças
ela vivia no pântano, e quanto mais se cortassem as cabeças dela, nasciam cada vez mais.
Hércules as cortava e cresciam mais. 
Atena lhe diz então:” é no fogo da coragem que hás de vencer as cabeças, e as cabeças tem que ser vencidas todas de uma vez...”
Hermes lhe disse:” é preciso queimar aquela que foi cortada, se não ela renascerá, tem que cortá-las todas de uma vez só, não adianta ficar querendo aos poucos”.
Mas havia uma cabeça que era imortal, e Hermes lhe disse:” essa cabeça você terá que vigiar eternamente, dela você nunca se livrará, cave um buraco, e coloque-a dentro, e bote essa pedra em cima”.

o que significa tudo isso?
As 9 cabeças, são os 9 vícios capitais nas tradições antigas.
Por que elas renascem?
Porque o vício é assim mesmo, quanto mais você segura, mas o adia, mais forte ele fica. Por exemplo, pra emagrecer, na segunda você faz dieta, até a sexta e no domingo você ataca a geladeira, quanto mais tenta segurar, mais ele explode, o vício é como uma mola, você aperta, mas um momento a força é tão grande que ele salta.
o vício é o primeiro a ser dominado, ele não é mortal, é imortal, é preciso sempre vigiar.
A arte de vigiar e controlar os vícios, ou você corta de vez ou não o vence , por exemplo o cara fala: ahhhh hoje eu fumo só 3 cigarros, amanhã 2, e vou diminuindo, isso não funciona.
Corte os de uma vez só.



3° trabalho- enfrentar o javali de Erimanto .
o javali é o animal que destrói tudo, ele destrói pelo simples prazer de destruir ( lembra muito as mulheres né? Bagunçar com um cara, pelo simples prazer de saber que tem alguém sofrendo por elas, que ela faz falta na vida de alguém) .
Hércules ficou por anos atrás dele, e não o achava... 
Então Atena falou pra ele que :”animais assim só poderiam ser caçados em campos nevado, pois lá eles atolam e tem dificuldade de correr. E assim Hércules consegue encontrar o javali e o matar.

o que significa esses campos nevados?
Exatamente colocar limites, dificuldades. 
Você só educa o indivíduos sem limites, lhe colocando dificuldades, limites.
Percebemos isso nos livros do N.A e nos textos do Silvio né?

4° tarefa- a Corça de Cerineia- 
Essa corça animal sagrado, consagrada a deusa caçadora.
Hércules tinha que caçá-la, captura-la e leva-la para Euristeu sem ferí-la. 
Essa corça tinha chifres de ouro e pés de bronze, pés de bronze significava velocidade, ser inalcançável , chifres de ouro significava sabedoria antigamente.
Hércules não conseguia pegar ela, porque ela era muito rápida.
Então Hermes lhe diz :” é só na delicadeza que você poderá alcançar essa corça” .
A corça é um animal muito delicado, ela corre a 90 km por hora até durante 30 min, ela corre nessa velocidade sem quebrar um único galho por onde passa, ela era o oposto de Hércules, ela é a antibrutalidade. 
Hércules parou então e ficou lá, e ela depois de um tempo a corça encostou perto dele , e ele levou-a para o rei e depois a levou de volta para floresta.

O que se pode tirar dai?
Na vida pelo máximo de agilidade que possamos ter, nunca devemos atropelar os outros, o que se ganha sacrificando a vida de alguém não é ganho, é perda.
De que vale ficar rico, se é roubando dinheiro de alguém?
Vi muito cara na vida fazendo isso, derrubando “amigos” pra conseguir uma menina que no final bagunça com ele...


5° tarefa- os estábulos do rei Aúgias
Aúgias era um rei ganancioso terrível, ele tinha terras muito férteis, mas ele queria mais. 
Suas terras davam 2 colheitas por ano, mas ele queria que suas terras dessem 3 colheitas por ano.
Então ele colocou mais esterco do que deveria e adeusa Deméter decidiu castiga-lo, e queimou as suas terras. 
E ele ficou com esterco acumulado a anos.
Euristeu disse que Hércules deveria tirar todo aquele esterco em um único dia.
Atena e Hermes disseram:” que é desviando um curso muitas vezes natural, que nós chegamos a uma nova realidade”.
Então Hércules se tocou, e desviou o curso de rio que passava lá perto, e o novo curso do rio passou pelas estrebarias, e o rio varreu todo o esterco de lá.

qual o significado disso?
Limpar o esterco em um só dia, se não ele fica acumulados por anos...
Se se quer desfazer merda, tem que se agir com vontade e determinação, adiar coisas não adianta, foque-se em mudar por completo, aos poucos não funciona.
Ah eu quero ter sucesso, eu vou mudando isso, se tiver dando certo , eu mudo isso...
Não é assim que funciona. 
Decisão significa cortar tudo que impede...


6° tarefa os pássaros do lago Estínfalo –
Eram pássaros antropófagos, com bicos de bronze, pés de bronze e penas de bronze, e eles atiravam as suas penas como se fossem flechas, matando as pessoas.
Bronze é símbolo da guerra.
Hércules vai matá-los e eles se espalhavam e então Hércules não conseguia destruí-los.
Atena lhe deu chocalhos de ouro, e quando Hércules os tocou, fez um barulho ensurdecedor que estourou os tímpanos das aves, matando-as.

o que são esses chocalhos de Atena?
é aquela campainha que toca dentro da nossa cabeça, dizendo que está tudo errado, que é preciso mudar de rumo na vida, ai ou se obedece o instinto ou se quebra a cara.
É o aviso da sabedoria, da intuição de que está na hora de cumprir o destino , que a gente tá numa errada.
sempre se quer ouvir a lógica, e ai se faz besteira. É preciso ouvir também o instinto.


7° Tarefa- O touro de Creta-
Um touro que afligia uma região chamada Creta... ‘-‘ não se tem o que falar sobre isso. Hércules tinha que derrotar ele.

O que esse touro representa?
Ele representa a sexualidade desvairada, Hércules tinha que prender esse animal que não se deixava domar, e o touro acabou morto, porque o destino da sexualidade desvairada é esse.
Como nos mostra N.A E o Silvio, a sexualidade do homem é a arma mais poderosa da mulher contra esse mesmo homem, ela usa sexo como barganha pra controlar o homem, a libido do próprio homem o destrói, libido essa que é muito maior no homem do que na mulher, por isso ela usa como arma.
É preciso controlar essa sexualidade. N.A nos fala isso em seus livros.

8° tarefa - as éguas de Diomedes – 
essas éguas era serem antropófagos, que devoravam os homens da região.

O que essas éguas representam?
elas representam novamente a sexualidade desvairada. As éguas que devoravam homens, o deixar ser devorado.
O não entregar o coração a qualquer um. É justamente o que essa história vai mostrar.
Coisa que já nos disseram também N.A e Silvio.
O saber escolher, dentre os males o menor kkkkkk. 

[9° tarefa -o sinto de Hipólita – 
Hipólita era a rainha amazonas ( as antigas feminazis kkkk).
Dar o sinto antigamente, era a mesma coisa que alianças hoje, significava eu te pertenço.
Hipólita tinha que lhe entregar espontaneamente o sinto para Hércules.
Atena disse:” que ele deveria correr o risco de mostrar quem era de fato, e deveria correr o risco dela querer ele ou não, que ele não fingir”.

O que podemos tirar dai?
Alguns podem dizer : “ Ahhhh mas Hércules era bombado... Ele iria conseguir ela de qualquer forma”, coisa que pouco importa aqui, já que a questão não é essa, a questão aqui é não fingir pra conseguir uma coisa, porque uma hora ou outra a máscara cai...
Ser homem também significa isso, se ela quiser bem, se não quiser... que se foda. 

[10 ° tarefa- os bois de Gerião – 
eram bois de pelo de ouro. 
Hércules iria longe para buscá-los, eles eram guardados por Gerião, que era muito avarento. Hércules conseguiu vencê-lo, porém apareceu o gigante Anteu e o desafiou pelos bois.
Anteu tirava a força da terra, e toda vez que Hércules o derrubava, ele voltava com força redobrada.
Atena lhe disse então:” que ele no ar ele não teria força”.
Hércules o tirou do chão e ele morreu sufocado.

o que isso significa?
Essa história nos fala sobre a falta de espiritualidade, o fato de ser materialista, não ver nada além do que se tem.
Esse é o erro de muita gente.
Devemos focar no material? Sim, claro, mas devemos ir além disso.
Porque se perdermos o material, o que vamos fazer? Nos matar? O caso de homens que perdem dinheiro ou mulheres e se matam, porque só focam nisso, são puramente materialistas.

11° tarefa -os pomos de ouro
Era uma fruta que Hércules deveria buscar. A fruta que dava imortalidade.

O que significa?
simboliza descoberta da fecundidade dentro de cada um de nós, que não se trata só de ter filhos. 
também se trata de ser alguém, fazer algo na terra de importante, deixar frutos.
E com tudo isso a nossa existência é perpetuada

12° tarefa- a captura de Cérbero – 
Cérbero era um cachorro de 3 cabeças, era aquele que julgava, Hércules devia capturá-lo.

o que isso significa?
significa a captura da morte, como diria Sócrates: “ quem não sabe morrer,não presta pra viver...”.
viva... sem medo de morrer...

quarta-feira, 24 de julho de 2013

A carga social

Por Maverick



Eu tenho notado neste tempo da Real um certo denominador comum entre os Realistas. Mesmo se ela aparece de forma evidente para nos todos, eu gostaria de colocar os pontos nos "i"s, tentar tirar um substrato deste fato maldito(ou não).

Todos os homens que frequentam este forum, qualquer que seja a sua idade ja sentiu na pele uma certa cobrança social que parece incombir as homens. Sua vida esta finalmente tomando o ramo que queria, e aparecem pessoas para cobrar de você certos valores. Por exemplo, a pressão de fundar uma familia, de se atar em um relacionamento estavel etc.

Qualquer que seja a situação financeira, social, ou emocional de um Homem, existe sempre uma cobrança para com as responsabilidades masculinas. Ela pode vir de mulheres, de parentes proximos, de amigos, e de uma forma geral, da sociedade/esquerdismo.

Para nos conservadores, esta forma parece ser a mais pura é honrada possivel. O Homem assumia uma posição forte dentro de sua familia, sendo o guardião desta mesma. Portanto, era o individuo que cuidava das despesas da casa, que agia em momentos dificeis e que suportava ao maximo o peso do patriarcado. Todos nos temos en nossas vidas, ou na nossa memoria, o simbolo de um homem antigo que sempre soube honrar as bolas. Ele tinha o dever de proteger a sua familia, de fazer tudo o que foi citado acima e carregar a familia sobre as costas, como uma "carga", que veio na cabeça como o termo de "carga social".

Visto na Real e nos modos antidos, a carga social não era uma coisa pejorativa. Ela colava simplesmente com o perfil do Homem, que nasceu com mais força fisica, com orgulho/ego. O homem nasceu para assumir este cargo. As mulheres, por mais independentes que possam ser, nunca terão o perfil necessario para assumir este carga, simplesmente porque sua natureza fazem delas seres idealistas. Até ai, nenhuma novidade.


Com o advento da sociedade moderna, e a emancipação, vimos mulheres adquirirem novos modos de vida, serem aptas a tomarem suas proprias cargas sociais nas costas. De uma certa forma, seria uma forma de reequilibrar a carga social em sua forma mais tradicional. Porém, aconteceu justamente o contrario, a emancipação so criou novas formas de carga social: elas viraram cargas afetivas, emocionais, psicologicas e outras merdas que vão alem da tolerância masculina.

Esta carga social virou polimorpha. A unica forma para o homem existir na realidade feminina porem, continua a mesma. Ele deve assumir certas responsabilidades que a mulher é incapaz de assumir, mesmo se a emancipação deu todas as cartas em suas mãos. A partir dali, é so apontar para o que varios realistas antigos e novos chamaram do "mimimi", de "vitimismo". Posso afirmar com a maior certeza do mundo, que nos paises mais feministas como a França ou a Suécia, o sentimento permanece o mesmo.

Conversei com uma psicologa recentemente(vizinha minha), que me relatou na realidade um tremendo mal estar feminino, uma carapuça formada por elas para poderem lidar com situações proximas das dos homens. Sua experiência mostrou que os homens destes paises abandonaram a mulher, a famosa "galanterie" françesa(atitude proxima do cavalheirismo) sumiu, e as mulheres sofrem por terem adquirido estas cargas sociais. Esta sendo extremamente comum ver mulheres entrarem em depressão extrema quando se vêem parindo, cuidando sozinhas de suas progênituras. Não é uma questão de inteligencia, de modelo social: elas simplesmente não tem o perfil carregar isto sozinhas sobre as costas.


O problema maior é que todas as cargas novas voltam na cara do Homem, que não pediu nada e se vê responsavel por falacias societais, como a falta de afeto/carência afetiva, falta de consideração por progenitura alheia, falta de interesse por fênomenos societais como mulheres com mais de 50 anos com apetite sexual descontrolado.


A Real é bem simples do que parece, pois a revolução feminina e modernista teve um lado positivo para o homem. Sim. Todas estas merdas novas que como por magia cairam no colo do homem, permanecem uma escolha nossa. Se for racional, se escutar seu instinto masculino você ja sabe a resposta para uma tal escolha.

Nada mudou, e ao meu ver nada mudara. A carga social sempre cairà sobre os ombros do homem, "culpado" de todos os fenomenos mais obscuros que acontecem com mulheres ou a sociedade . A diferença é que o homem sabe a sua posição ou de seus objetivos.

Senão, virara estes merdas que vivem as custas dos outros, até mesmo de mulheres para viver em uma forma de subsistência. Ou seja vidinha de merda.

Comece a avaliar qual é sua verdadeira carga social desde ja.