quarta-feira, 19 de junho de 2013

Desabafo de um homem casado

Tradução livre de artigo do Roissy


Um leitor me enviou o seguinte email:



Serei breve.

Sou seu fã! Seus conselhos salvaram o meu casamento; agradeço a você e à sua comunidade pela ajuda que me deram!

No entanto, gostaria de fazer um "serviço de utilidade pública", para que outros homens não cometam o erro que cometi. Faça o que quiser, mas me sentiria honrado se você publicasse:






Tenho 35 anos, sou bonito, bem sucedido, em forma (estou melhor que muito homem da minha idade).

Se você me olhasse na rua, iria pensar que estou muito bem, com minha linda esposa, vestida como uma diva, e dois filhos lindos.

Você iria pensar que sou um homem feliz (ou, ao menos, que eu deveria estar feliz).




Ledo engano!




Estou aprisionado no meu casamento. Puta que pariu! Quantas mulheres eu poderia foder todo ano!

Ao invés disso, estou lamentando meu casamento de bosta, junto com meus amigos e seus casamentos de bosta. Já pensei em divórcio várias vezes; mas as pressões sociais e as expectativas familiares me seguraram todos esses anos ("sexo não é importante"; "sua família é muito importante").

Fiquei depressivo por anos, até que um amigo me apresentou o Chateau Heartiste (link disponível na página inicial do blog). Puta que pariu! É como se tivesse nascido de novo! (os leitores da Central também costumam fazer esse tipo de comentário).





Devorei todo o conteúdo que aparecia na minha frente, como uma criança faminta. Cada texto do caralho, um melhor que o outro! E cheguei a algumas conclusões surpreendentes.

Não quero me estender ainda mais. O "serviço de utilidade pública" que eu queria fazer é um recado a todos os homens:




CUIDADO QUANDO UMA MULHER APONTAR UMA "ARMA" NA SUA CABEÇA EXIGINDO CASAMENTO. QUANDO ELA TE PRESSIONA EXIGINDO CASAMENTO, SÓ ESTÁ TE APLICANDO O TESTE FEMININO MAIS CRUEL DE TODOS: FALHAR NESSE TESTE SIGNIFICA QUE SUA VIDA ESTARÁ ARRUINADA... PARA SEMPRE!





Para quem nunca passou por isso, vou explicar como funciona:




Você conhece uma garota. Ela vai fazer de tudo para que você pense que ela é uma mulher diferente das outras. Vai te deixar sair com os amigos, se divertir, e até vai te incentivar a fazer isso. E ela também vai tocar a vida dela, e sair com os amigos.

Vocês vão foder como coelhos sujos, em qualquer lugar. Banheiros públicos, carros, tanto faz! Ela vai engolir a sua porra olhando nos seus olhos! Não existirá limites para sua criatividade sexual! Ela vai acordar todos os vizinhos à noite com os gritos de tesão do seu pau penetrando as entranhas dela.

Ela vai assistir ao futebol com você, e vai virar torcedora do seu time. Vai assistir filmes com você, mesmo ela não gostando; e vai fazer isso sem reclamar. Vai cozinhar refeições especiais, comprará presentes, e será perfeita! É provável até que ela pague a conta do restaurante; vai atender a todos os seus pedidos de carinho e afeto, e vai dar um "sentido" à sua vida.



Então, um belo dia... as coisas mudam!



É difícil descrever o que ocorre a partir daqui. Será que foi algum amigo? A família? O fato é que ela começa a se perguntar o porquê de você não tê-la pedido ainda em casamento. Porque diabos você, um porco egoísta, ainda não atendeu ao desejo de menina dela! Ela vai começar a achar que é um desperdício de tempo ficar ao seu lado. Porque você não dá a ela uma mísera festa de R$50 mil? Só porque é queimar dinheiro? Só porque não te rende nenhum benefício?

Ela vai começar a ficar fria. Choros inexplicáveis, em horas inapropriadas. Sexo vai esfriar... puf! Fim dos boquetes! Todos os assuntos vão mudar para dicas de casamento que ela ouviu ou viu em algum lugar. Se você protestar, ela vai esbravejar, gritar, chorar e fazer acusações infundadas, do tipo "você não me ama".




Este é o começo do fim, meu amigo. E você deve ceder, porra!




Não há como vencer essa luta. Eu tentei, e não consegui. Não há vitória, só os despojos - para ela, claro!

Você deve estar pensando: "eu não quero terminar com ela. Talvez, se eu der a ela o casamento, ela vai voltar a fazer sexo comigo". Você olha para as crianças na rua e pensa: "Eu poderia ser um pai legal". "Eu já não sou tão jovem, preciso pensar em me casar". Vai cair na armadilha de pensar que as coisas melhoram quando se casa.

Ouça-me: as coisas não vão melhorar! Eu não entendia o porquê; mas, agora que eu conheço a Real, entendo perfeitamente como funciona. As coisas não melhoram; ao contrário, pioram! PIORAM MUITO, CARALHO! Para graus absurdos, inimagináveis!

Acha mesmo que vai voltar a ter sexo depois de casar? Rs, vai ter sorte se voltar a ter sexo após seu aniversário. Qualquer coisa legal que já ocorreu em seu quarto será apenas uma memória perdida.




Acha que ela vai voltar a cozinhar pra você? Se fodeu! Vai entupir esse seu cu de fast food e comida congelada. Talvez você goste de cozinhar, ou cozinha só para se manter saudável - bem vindo ao papel de dona de casa beta com buceta. E ai de você se protestar: vai ser colocado no gancho!




Se prepare para ser sabotado. Verifique se o óleo do carro não foi alterado. Verifique se os pneus estão cheios. Quer sentar no sofá e assistir o jogo? Se fudeu! A grama está alta: corte-a!




Lembre-se de manter todas as contas (suas e dela) em dia! A mamãe precisa ir às compras com as meninas! De vez em quando (leia-se o tempo todo), ela precisa comprar coisas boas (leia-se caras pra caralho). Talvez, comprando coisas caras, ela se sinta feliz, certo?

Errado! Ela quer coisas cada vez mais caras! E você entrou em uma armadilha que vai foder sua vida (e o seu bolso) para sempre!




Se você falhar nesse teste, então todos os princípios da Real se tornaram inúteis para você de uma só vez! E sua esposa vai assistir de camarote ao colapso total de sua masculinidade. Vai ser como um espécie de filme de terror em câmera lenta, onde o vilão multila a mulher aos poucos, em um espetáculo de horror e de degradação humana. Seu pau será tão atraente a ela como a merda líquida de uma criança doente. E seu valor sexual baterá vários dígitos negativos.

Temos aqui um triste efeito de bola de neve, onde você vai se tornando cada vez mais carinhoso, sensível e compassivo, e ela vai tomando cada vez mais nojo de sua cara. Cada vez mais ela sentirá ódio de você!

Então, quando for submetido ao teste "case-se ou terminamos tudo", lembre-se de dizer apenas "não". Lembre-se de que, na verdade, é como se estivessem te convidando para uma prisão fria, e te convidando alegremente para você entrar. E, enquanto você estiver lá, trancado, ela vai levantar a saia para vários badboys melhores que você; e você assistirá a tudo sem poder fazer nada!


--------------------------------------

Já fui submetido ao teste da pressão pra casar. O que fiz? Caguei e andei! E vou cagar e andar quantas vezes forem necessárias! Se alguma amante me disser "case-se comigo ou então", eu vou escolher o "então". Ultimatos não funcionam comigo.

Apenas homens fracos cedem à pressão. São medrosos; têm medo de ficar sozinhos e sem sexo pra sempre. Mas esse medo é só um fantasma. Ignore o ultimato e continue andando. Exerça o seu direito de andar. E perceba que ela vem correndo atrás de você, pedindo mil desculpas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário